quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Mundo Doido # 3

Eu não perco tempo discutindo "se" o graffiti é ou não uma expressão de arte. Não to falando de Basquiat. To falando de graffiti que também não é pixação. Graffiti. Detesto pixações: “Manu te amo!” ... “O PT roubou sei lá quantos milhões”. Estas putarias são pixações, coisa de moleque. Graffiti são obras de arte qual usaram de tela um muro que estava horrível e fantasmagórico tornando-se belo. Sou a favor do graffiti ilustrativo, mas sou contra o graffiti rubrico/assinatura, onde só escrevem o nome. Se é pra gastar tinta, ilustra direito.

O graffiti é uma expressão de arte muito próxima a do "carnaval carioca", na confecção de carros alegóricos cheios de arte que após o desfile é desmontado. O graffiti ilustrado na rua está exposto a atritos maiores, ao contrário de uma tela pendurada na sala. É claro que existem paradoxos, como na bienal de São Paulo de 2008 quando prenderam uma pixadora. Ora convenhamos aquilo foi pixação. Ofensivo. Diferente do trabalho feito por brasileiros no castelo de Kelburn na Escócia (foto ao lado). O graffiti ilustrativo é uma expressão social, impressa dentro da célula que é a cidade. Em cada cidade haverá uma expressão, algo diferente para dizer. Certa vez, em passagem por Londrina/PR, fiquei admirado em ver graffitis de insetos nas ruas e pensei comigo: “este pessoal deve ter um problema sério com formigas, louva-deus, abelhas, pernilongos...” =)
É por isto que a ilustração é importante: cada um pensa do jeito que puder.

Mas hoje, venho aqui apresentar o pessoal do Mundo Doido, de Campo Grande/MS, cidade esta em especial com graffitis diferentes de São Paulo, Salvador, Cuiabá, Rio... O diferencial estão nas ilustrações, traços, criatividade e o principal – agilidade. Técnica rápida de acordo com a velocidade dos tempos atuais. Apresento em especial hoje, os artistas ilustrativos:
- Mrco sempre apresenta desenhos figurativos de mulheres em grandes dimensões.
- Paty (Lady’s) que basicamente se auto-apresenta nas ilustrações. Auto-retrato e elementos sempre efêmeros – balanços, bolinhos, meditações, conflitos pessoais que são desabafados no concreto.
- Pedrê... Os desenhos dele sempre me lembram canções de Raul Seixas. Seus temas são sociais... Quase sempre. Pedrê é o mais antropofágico do Mundo Doido. Pedrê ilustra cicatrizes sociais.

Visitem o site do Mundo Doido (www.mundodoido.com), a trupe deles é Junior Mota, Mrco, Japão e Paty (Lady's). Passem lá e vão perceber que Campo Grande por ter um estilo neo concreto, tem ótimos grafiteiros.

§

NOTA (do autor): Devido e ainda bem que Junior Mota entrou em contato conosco (ler nos comentários no post), dando a chance da rendição dos meus pecados... Quer dizer erros. Isto prova que não conheço o pessoal do MD e nenhum outro grafiteiro citado no texto acima. Deixando mais sincero aqui minha admiração artística deste pessoal todo. Mas surgiu a questão: como consertar isso? O nome do post é direto, mais o Verme não é do MD, mas peço licença ao MD para deixá-lo, já que chegou até aqui e o trabalho é belíssimo. Confesso que economizei palavras com o Mrco... Mas o trabalho dele diz por si só. Tem brilho próprio, é só mostrar. Ele sabe bem qual o caminho seguir. A presença efêmera de Paty como uma das poucas mulheres deste ambiente quase masculino, ela harmoniza com seus elementos. Por fim, já que o Pedrê não é do MD, quem substituí? O próprio que entrou em contato conosco: por quê?
- Junior Mota é o único que interage em seus graffitis. O pequeno marciano verde conversa com aquele que admira a obra. É claro que muita gente adiciona frases filosóficas, trechos de canções, mas são só fundamentações. Interação é o que o Junior provoca.




Mrco
Sem título
, 2011
Rua Bandeirantes, em frente ao Supermercados Comper, Campo Grande/MS
Obra demolida para reformas no local.



Paty (Lady's)
Lady's in the sky with diamonds
, 2011
Rua Mato Grosso, próximo a Via Park. Campo Grande/MS



Mrco, Júnior Mota & Pedrê (da esquerda pra direita)
Mrco: O mundo é de quem pensa, 2011
Junior Mota: O que fazer com R$2,70, 2011
Pedrê: Não me olhe assim, eu sou igual a você, 2011
Terminal Bandeirantes, Campo Grande/MS


---------------------------------------------------------------------
Bônus adicional:


Pedrê
Nada resiste ao trabalho
, 2010
Terminal Bandeirantes, Campo Grande/MS

§


Verme
Sem título
, 2011
Rua José Antonio, esquina com a Antonio Maria Coelho, Campo Grande/MS

7 comentários:

MUNDO DOIDO disse...

E AI VELHO!!
PO SATISFAÇÃO TOTAL O POST SOBRE A MUNDO DOIDO CARA!
GOSTEI DO ESTILO NEO CONCRETO... HUAHUAHUAUAA
MAIS APENAS PARA A PRÉVIA CORREÇÃO:
A SEGUNDA FOTO EM QUE TEM A MENINNHA ALI NA AV. ANTONIO MARIA COELHO NÃO É DA PATY E SIM DO GRAFITEIRO "VERME" VE AI O BLOG DO CARA:
http://verme746.blogspot.com/
JÁ OS INTEGRANTES DA MUNDO DOIDO SÃO:
EU "JUNIOR MOTA" - QUE FAÇO AS LETRAS E AGORA TO FAZENDO OS DESENHOS DO "BONEQUINHO VERDINHO"
O "MRCO" QUE FAZ AS MULHERES, MENININHAS E AFINS (HUAHUAHUHUAHA)
O "JAPÃO" QUE FEZ O INDIO COM O COCAR NA CABEÇA NO ULTIMO ROLÊ
E A PATY, QUE FAZ OS DOCINHOS E GULOSEIMAS.
O RESTO DA GALERA SÃO OS AMIGOS, O BOBY E O GNOMO SÃO DA "DRIP CREW"
O GUI É DA "EXP"
O PEDRÊ É DA "INF", QUE ULTIMAMENTE ESTA FAZENDO VARIOS ROLES COM A GENTE! AMIGÃO
HUAHUAHUUAHUHAUHUAHUAA
MAIS É ASSIM MESMO MANO, NO COMEÇO É MEIO EMBOLADO, POIS AO MESMO TEMPO QUE SOMOS UNIDOS, SOMOS CADA COM SEU ROLE!
TIRANDO ISSO, CURTI O POST PRA CARAMBA....
MAIS UMA VEZ OBRIGADO PELO RECONHECIMENTO

Opiumman disse...

Jr...
Fiquei é bolado, e tive que 'bolar' de novo...

Vc acabou me dando uma aula e obtive informações que desconhecia como na escalação das 'máfias' - Inf, Exp, Drip Crew. Mas o mais interessante é o respeito entre vcs. Em São Paulo é comum a gente ver graffitis sacaneados por rivais. Demarcação de território, essas coisas. Em Campo Grande os muros/telas parecem uma coisa só. E já que estamos falando de Campo Grande, a cidade (sim) tem o estilo neo concreto. É "efeito dominó" de Brasília para ostentar mais poder na "sociedade do boi".
Grande abraço!

MUNDO DOIDO disse...

HUAHUAHUAUHUH.....
GOSTEI DO NOVO POST...
O "PEQUENO MARCIANO VERDE", GOSTEI DO SUBTITULO... HUAHUHAUHAUUA
MAIS ESSAS COISAS DE GRAFITE, PIXAÇÃO É ASSIM MESMO, CADA QUAL COM SUA "CREW", OU MELHOR DIZENDO CADA QUAL COM DEU GRUPO... O LEGAL QUE AQUI EM CAMPO GRANDE O PESSOAL TEM A IDÉIA DE GRAFITE, PARA EXPRESSAR IDÉIAS, SENTIMENTOS, MANIFESTAÇÕES, SÃO RAROS OS QUE QUEREM DEMARCAR GANGS, TERRITÓRIOS... ACHO QUE ISSO QUE MOVE A UNIÃO DA GALERA DO MOVIMENTO...
MAIS UMA VEZ OBRIGADO PELO RECONHECIMENTO AI, SERIA LEGAL QUE AS PESSOAS DESSEM O DEVIDO VALOR AS NOSSAS IDÉAS ASSIM COMO VOCE....
AGRADECIDO!

JUNIOR MOTA
MUNDO DOIDO

Opiumman disse...

Jr. ...
Não há nada mais forte do que um povo unido.
Arte é liberdade, e uma das maiores expressões artísticas contemporânea é o graffiti de rua.
Sou eu que agradeço por vcs embelezarem as ruas.
Parabéns!

Anônimo disse...

a união faz mais açucar do que a força


opium*

Anônimo disse...

O R I G I N A L

Opiumman disse...

Obrigado aos alcoólicos anônimos, quer dizer... anônimos que visitam o site.

Postar um comentário